Pular para o conteúdo

Dicas para Processos Seletivos de Pós-Graduação

Este post traz algumas dicas para quem quer participar de processos seletivos de programas de pós-graduação strictu sensu (mestrado e doutorado).

Leia o Edital

Antes de tudo obtenha o edital do processo seletivo de pós-graduação. Após isso, leia o edital de pós-graduação, observe a afinidade com a linha de pesquisa que pretende estudar. Tudo bem ate aí, mas não sei como fazer isso? Tenho um exemplo, não sou formada em Geografia, mas minha graduação me permite utilizar as geotecnologia na ciência geográfica. E associando as duas, venho nessa construção do conhecimento do entendimento do espaço geográfico. Você que quer estudar o urbano e suas diversas temáticas tem que ter pelos menos afinidade e uma graduação como Arquitetura e Urbanismo para desenvolver o tema, por exemplo.

Projeto de Pesquisa ou Plano de Pesquisa

A construção do projeto de pesquisa ou plano de pesquisa dependerá do que o edital do processo seletivo de pós-graduação pede. Por exemplo, no nível de mestrado pede-se capa, contra capa, introdução com justificativa, objetivos e abordagem do seu tema, referencial teórico, cronograma das atividades de pesquisa e referências bibliográficas. Para um processo seletivo no nível de doutorado pede-se capa, contra-capa, introdução com justificativa contendo problema de pesquisa e hipótese, objetivos geral e específicos, referencial teórico, cronograma de atividades de pesquisa e referências bibliográficas. Lembrando sempre da formatação e citação de autores no textos de acordo com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) atualizadas.

Prova discursiva

Após isso, se seu projeto estiver tudo certo, dependendo do edital, pode ter entrevistas, provas discursivas. Não tenhas medo, a prova discursiva parte sempre de uma pergunta geral sobre a literatura indicada no edital que se verticaliza para seu projeto. A prova é um indicativo que você se preparou para esse processo seletivo. A outra etapa é a entrevista, que irão te fazer várias perguntas ao seu projeto e sobre a escolha de está lá naquele programa de pós-graduação. Geralmente a última etapa será de análise do Currículo Lattes para verificar o quanto você produziu cientificamente nos últimos anos.

Documentos para a seleção de pós-graduação

Outro coisa que nos perguntamos, onde estão os documentos nesse processo seletivo? Os documentos são elementos importantíssimos para comprovar seus dados pessoais e da construção acadêmica na graduação, no mestrado que servirão posteriormente para o doutorado, e futuramente para um pós-doutorado. Dependendo do processo seletivo para uma pós-graduação os documentos relacionados aos dados pessoais e acadêmicos são os primeiros solicitados no edital. Sugiro que organize todos certificados de acordo com seu Currículo Lattes irá facilitar a pontuação para a banca do processo seletivo. E dependendo, do programa de pós-graduação já solicita no início do processo seletivo. Para isso organização é fundamental. Lembre-se que geralmente as publicações em torno de 3 a 5 anos ainda pontuam na etapa de Currículo Lattes dependendo do programa de pós-graduação.

Prova de Proficiência

Você se pergunta o que é a prova de proficiência? A prova de proficiência é um indicativo que você sabe outra língua além do português, por exemplo. Geralmente a prova de proficiência é na língua inglesa, francesa e espanhola. No nível do processo seletivo do mestrado, geralmente, pede-se apenas uma proficiência de inglês, ou espanhol ou francês, dependendo do programa de pós-graduação. Para o nível do processo seletivo de doutorado, geralmente, pede duas proficiências em inglês e espanhol, ou inglês e francês, dependendo do programa de pós-graduação.

Conselhos para o processo seletivo

O processo seletivo precisa de paciência, persistência e segurança naquilo que se propôs a realizar. Esse só será a primeira grande etapa que a vida acadêmica reserva para você. Virão outros desafios como a dedicação aos estudos, a publicação de artigos, o enfrentamento de banca de qualificação até a defesa do processo. Siga em frente, o desafio é grande, mas se gostas de estudar, é esse o caminho de dedicação. Mantenha um bom relacionamento com seu orientador. Um conselho que recebi de um professor: “sempre se apaixone pelo seu tema”, isso tudo fará diferença de como pode ser conduzida a pesquisa e sua vida acadêmica.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: