Pular para o conteúdo

Download de Dados Georreferenciados do Covid-19 no Brasil, por Município (Fevereiro e Março de 2020)

Estamos disponibilizando, para download, dados georreferenciados dos casos de Covid-19, no Brasil, por município, entre os meses de fevereiro e março de 2020, em formato CSV (Valores Separados por Vírgula).

Os dados estão em formato de pontos, contendo os casos de Covid-19 por dia de notificação e foram obtidos no site do Wesley Cota, doutorando em Física pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), disponíveis no site abaixo:

https://labs.wesleycota.com/sarscov2/br/?fbclid=IwAR3IKg-x8k3mMqMi2RTvK0gWZizI5oEkKlkd7UsT3-GFnQ_C4ei4SnMiZVc#fontes

Observações:

Apesar da notícia de que o primeiro caso de Covid-19 no Brasil ocorreu em 23 de janeiro de 2020, conforme reportagem do G1, o arquivo CSV não considerou o caso por não ter sido divulgado oficialmente o município em que ocorreu o contágio;

O arquivo disponibilizado descarta os casos em que a fonte não identificou a origem da contaminação, bem como casos vindos de fora do estado ou estrangeiros, nos quais não é possível associar à cidade onde foi registrada a contaminação;

Estão inclusas as informações georreferenciadas de todos os 5570 municípios do Brasil, incluindo aqueles que ainda não contém casos. Isto possibilita que o arquivo possa ser atualizado com novos casos e contemplar cidades que venham a ter seus primeiros casos de Covid-19 registrados oficialmente.

Para baixar o arquivo csv com os dados dos casos de Covid-19 no Brasil, por município, entre os meses de fevereiro e março de 2020, clique no link abaixo:

 

[Download] Casos de Covid-19 no Brasil, por Município, Fevereiro e Março de 2020 (CSV).

Sobe o Arquivo CSV

O arquivo CSV contém as seguintes colunas:

wkt_geom: wkt é a sigla para “well-known text representation of geometry” (representação de texto conhecido da geometria, em tradução livre). Contém a designação do formato vetorial da geometria (ponto, linha ou polígono) e a referência geográfica. No arquivo disponibilizado, a geometria é em formato de pontos e a referência geográfica são a latitude e longitude dos pontos, utilizando o datum WGS 84 (Código EPSG 4326). É a partir desta coluna que qualquer software SIG (Sistema de Informação Geográfica) consegue reproduzir a geometria dos dados e de forma georreferenciada.

geocod: contém o geocódigo de cada município, designado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), que pode utilizado para realiza a união de planilhas excel com outra camada no QGIS (para mais detalhes, veja este tutorial).

mun: contém o nome do munípio;

uf: contém a sigla da unidade da federação que o município pertence;

fev_XX: são os dados de casos registrados para cada dia do mês de fevereiro;

mar_XX: são os dados de casos registrados para cada dia do mês de março.

 

Tutorial: Inserindo um Arquivo CSV no QGIS

Este tutorial foi elaborado no QGIS 3.4, mas serve para versões posteriores ou anteriores.

Quando abrir o QGIS, configure o Sistema de Referência de Coordenadas (SRC) do projeto. Caso não saiba como fazer, veja um dos tutoriais a seguir, em português, em inglês, em espanhol ou os documentos e manuais na página oficial do QGIS. Recomendamos configurar o SRC para WGS 84, pois os dados de latitude e longitude estão neste sistema.

Depois de configurar o QGIS, clique em “Gerenciador de fontes de dados livres”, conforme a figura abaixo:

01

 

Uma nova tela irá abrir. Nela, clique na aba “Texto delimitado” e, no canto direto da janela, clique nos três pontos (“…”) para abrir o arquivo CSV. Depois, siga as configurações a seguir:

  • Em “Formato de arquivo“, marque as opções “delimitadores personalizados” e “Ponto e vírgula”
  • Em “Opções de Gravações e Campos“, marque as opções “Primeiro registro tem nome de campos” e “tipos de campos detectados”;
  • Em “Definição de geometria“, marque a opção “Well known text (WKT)“. No campo de geometria, escolha a opção “wkt_geom” e em tipo de geometria escolha a opção “Ponto”.
  • Em “Geometria SRC” escolha a opção “EPSG: 4326 – WGS 84”

Confira em “Amostra de dados” se você observa corretamente a tabela de atributos. Se sim, clique em “Adicionar” e feche esta tela.

02

 

Uma malha de pontos foi adicionada à tela do QGIS. Esta camada contém os dados de Covid-19 dos municípios brasileiros, e também inclui municípios que ainda não registraram casos. Portanto, são 5570 pontos a serem exibidos na tela.

03

 

Insira outras camadas de referência e manipule o banco de dados para gerar composições coloridas e mapas temáticos com os dados, bem como outros operações no QGIS ou em qualquer outro software que utilize dados georreferenciados. Ao fazer a classificação do banco de dados, lembre-se de a primeira classe começar com o valor 1, para evitar exibir cidades que não contém casos (a não ser que você queria que eles sejam exibidos).

04

 

Esperamos que estes dados e este tutorial possam servir para novos estudos e simulações que venham a contribuir para tomadas de decisão na atual situação do país e do mundo. Em caso de dúvidas, sugestões, críticas ou elogios, entre em contato conosco.

 

 

1 Comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: