Pular para o conteúdo

3 Mapas sobre a Mortalidade do Covid-19 no Brasil

Este post traz 3 mapas que representam a mortalidade do Covid-19 no Brasil.

Um determinado fenômeno espacial pode ter diferentes representações cartográficas, dependendo de como os dados são tratados. Por este motivo, é importante identificar que representações melhor se adequam às necessidades do pesquisador ou do gestor. Na atual pandemia do Covid-19, saber representar os dados de casos e mortes de formas diferentes permite uma melhor compreensão da situação, o que pode ajudar na tomada de decisão de políticas públicas de saúde.

Foram elaborados mapas sobre a mortalidade do Covid-19 no Brasil, a partir de 3 parâmetros:

  • Números absolutos de mortes: o mapa apresenta a quantidade total de óbitos pelo Covid-19, por município; Em virtude de haver poucas cidades com muitos casos, o mapa pode apresentar distorções na distribuição das cores (classes de valores) no mapa, havendo uma concentração maior de baixos valores;
  • Mortes por 100 mil habitantes: neste mapa, o total de mortes foi dividido pela população do município e multiplicado por 100 mil. Esta técnica normaliza os valores a partir de uma determinada faixa de população (neste caso, 100 mil habitantes), permitindo uma comparação mais proporcional dos dados. Note que o valor apresentado neste mapa não é a quantidade real de mortes, e sim um valor estatisticamente calculado a partir de um parâmetro em comum para todas as cidades (população);
  • Taxa de mortalidade: este mapa apresenta o percentual de casos de Covid-19 que vieram a óbito. Assim, é possível verificar a mortalidade proporcional à quantidade de pessoas infectadas.

Nos 3 mapas, a divisão dos valores em cada classe (cor) foi pelas Quebras Naturais (Jenks), que busca minimizar a variância dos valores dentro da mesma classe e maximiza a variância entre as classes, ou seja, redistribui a variação dos valores de cada classe (cor) para que cada objeto fique espacialmente melhor representado.

Os dados, atualizados para às 20h do 22 de abril de 2020, do número de casos e mortes foi obtido no site do Wesley Cota, doutorando em física pela Universidade Federal de Viçosa. Os dados de população foram obtidos na Estimativa Populacional dos Municípios Brasileiros de 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os mapas foram elaborados no software SIG (Sistema de Informação Geográfica) livre QGIS 3.4.

Para baixar os mapas, basta clicar com o botão direito sobre a figura e depois “salvar como”:

total_deathsdeaths_100k_brazilcovid19_mortality_rate_brazil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: