Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (REANEST)

O Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST) é um sistema de informações sobre acidentes de trânsito no Brasil, estabelecido pela Resolução nº 607 de 24 de maio de 2016, publicada pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e implementado pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra).

De acordo com o site do DETRAN-MT, o RENAEST tem como objetivo “estabelecer uma sistemática para comunicação, registro, controle, consulta e acompanhamento de tais informações e de implantação de uma base nacional de Estatísticas de Trânsito, que subsidiem o desenvolvimento de estudos, pesquisas e ações que visem à melhoria da segurança viária no país e desta forma, propor políticas de educação para o trânsito, com o firme propósito de amenizar esta relação conflituosa entre homem- máquina (automóvel).”

O REANEST possui um banco de dados integrado a outros 3 sistemas: Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM), Registro Nacional de Condutores Habilitados (RENACH) e Registro Nacional de Infrações (RENAINF). Atualmente (até 15/03/2022), a plataforma possui dados consolidados entre os anos de 2018 e 2021.

Na seção “Visão Geral”, o RENAEST possui os seguintes dados:

  • População;
  • Frota total;
  • Frota ativa (veículos licenciados ou com infrações no últimos 10 anos, de acordo com o RENAIF);
  • Número de acidentes;
  • Veículos envolvidos;
  • Feridos/Ilesos;
  • Óbitos;
Tela inicial do site do RENAEST.

Ao lado do mapa do Brasil, há uma série de opções de temas, com seus respectivos dados:

A consulta destes dados pode ser feita em três escalas geográficas: nacional (dados do Brasil como um todo), por Estado da Federação ou por Município. Na figura abaixo, tem-se o exemplo da consulta de dados de acidentes de trânsito para o município de João Pessoa / PB.

Dados de Acidentes de Trânsito de João Pessoa / PB no site do RENAEST.

Há de se fazer algumas observações sobre a plataforma: O número de acidentes é relativo àqueles que foram oficialmente registrados, portanto a disponibilidade de dados pode variar de acordo com município e estado. Outra questão importante é que, em muitos casos, alguns dados estão registrados como “desconhecido” ou “não registrado”.

Apesar dos apontamentos acima, a plataforma do RENAEST é uma importante ferramenta de registo e recuperação de dados de acidentes de trânsito, que pode subsidiar gestores públicos na tomada de decisão por melhores planejamentos e projetos de mobilidade urbana e trânsito.

Autor: Alexandre Castro

Arquiteto e Urbanista, Mestre em Engenharia Urbana e Ambiental, Doutorando em Arquitetura e Urbanismo (UFRN). Entusiasta por cidades, pessoas e mapas. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1135510231721299

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: